HISTÓRIA DO MENTES DE FERRO





  Primeira Campanha Mentes de Ferro outubro/2012

O Movimento Mentes de Ferro foi idealizado em outubro de 2010, motivado pela falta de segurança experimentada por atletas que buscam as áreas verdes, as orlas das praias e lagoas e as montanhas do Rio de Janeiro para prática de esporte e lazer. 

Apesar de ser uma Cidade Olímpica, sede dos Jogos de Verão em 2016, ainda não se vive no Rio de Janeiro os benefícios do Movimento Olímpico, tampouco há educação e cidadania para reconhecer e respeitar esportistas que treinam na cidade Ao buscarem qualidade de vida e contato com a natureza para praticar esporte e lazer, muitos tornam-se vítimas de assaltos, estupros, atropelamentos e assédio. Buzinar para uma ciclista não é elogio é dar um susto que pode resultar em um acidente! 

Mentes de Ferro começou então a colocar em prática o planejamento estratégico e o plano de comunicação pensado desde o início, sem ao menos ter uma logo (o público escolheu a logo MF, relembre) . Não queria ser mais uma escolinha de esporte, mas sim reconhecer, apoiar e maximizar o esforço coletivo de quem, há muito tempo, já trabalha para alargar a base da pirâmide do esporte nacional.

Desde 2012, apóia escolinhas de base no estado, sabe como? É simples e todos podem fazer: o grupo mobiliza as redes sociais em campanhas que dão novo uso aos itens esportivos que temos em casa e não usamos mais! De tão bacana e replicável, a ideia tem incentivado outros grupos a treinarem para além da performance.

A PRIMEIRA CAMPANHA

Pensou-se em iniciativas que gerassem maior impacto, tivessem formato em rede e que permitisse ganhar escala rápido.  O público participante sempre foram crianças e jovens (6 a 29 anos) dos projetos e escolinhas de esporte de base já existentes no estado do Rio e o objetivo, desenvolver não só bons atletas, mas seres humanos melhores.
Começar pelas Campanhas parecia o caminho mais certo, viável e sustentável. Mentes de Ferro sempre trabalhou com equipe e custos reduzidos, focando maior participação, integração e protagonismo social daqueles que curtem, ou praticam esporte pela cidade, a comunidade esportiva.
A Campanha MENTES DE FERRO de arrecadação de roupas, acessórios e equipamentos esportivos, novos, ou com pouco uso, que deu início às atividades do Mentes de Ferro, nem sempre se chamou “PASSE DE SONHO – treinos e provas com causa”.
No início, era um flash mob (mobilização pelas redes sociais), que fora denominado à época de Good Fit – (aí sim) treinos e provas com causa, mudou de nome, mas é a mesma que acontece desde outubro de 2012, em uma idealização e realização próprias.
Já a Campanha MENTES DE FERRO Bike Friendly – BRA - cuja a coleta de bicicletas acontece junto aos prédios com bicicletários localizados nos bairros da Zona Sul e Barra da Tijuca - foi uma cocriação entre a Associação e o multiatleta e empresário Bernardo Tillmann.

Todas as Campanhas são registradas em foto e vídeo.  Os micro vídeos são exibidos no canal Mentes de Ferro Films, no You Tube e compartilhados para as redes sociais e imprensa. Uma forma de dar transparência ao trabalho da organização, visibilidade aos projetos e personagens (atletas do futuro, doadores e os fundadores dos projetos apoiados) e uma contrapartida aos futuros patrocinadores, já que são produtos audiovisuais com potencial de se tornarem programas e quadros televisivos.

ARTICULAÇÕES E REUNIÕES DE CO-CRIAÇÃO ABERTAS AJUDAM A CONSTRUIR MENTES DE FERRO


A ideia deste Movimento fora apresentada pela primeira vez em meados de 2011, durante um encontro de facilitação na sede do Instituto da Criança, em Botafogo – Rio de Janeiro – no qual participaram a empresa Pares e empreendedores sociais. Como o feedback fora positivo, Mentes de Ferro passou então a ser aprimorado com debates de co-criação aberta e por meio de benchmarkingEsta forma de gestão participativa confirmou o que antes era apenas intuição: Mentes de Ferro é forte e resiliente como o ferro, viável, desperta o interesse coletivo, é original, flexível adaptável. 

A impunidade, o espaço para campanhas de sensibilização e de reconhecimento ao trabalho de base realizado pelos projetos esportivos, o potencial para a solidariedade e a força mobilizadora da comunidade esportiva eram elos perdidos, que a cada ano se articulam mais e ajudam a construir uma tecnologia social que dialoga com diversas áreas, Comunicação, Educação pelo Olimpismo, esporte, saúde, cultura e sustentabilidade.
Acostamentos das estradas, rodovias e vias municipais, estaduais e federais são utilizadas como áreas de treinamento para ciclistas. Muitos acidentes já foram registrados.



Parceiro: Projeto Respeite Um Carro a Menos
Reuniões no Instituto da Criança, com empreendedores sociais e a empresa Pares 

    OS DOADORES DA PRIMEIRA CAMPANHA MENTES DE FERRO






Portanto, fique de olho nos locais de esporte e lazer da cidade, você pode acaber na telinha! As Campanhas se tornaram também um motivo a mais para suar a camisa experimentando a prática de atividade físico desportiva. 
Contatos para imprensa e apoiadores: gabriela@mentesdeferro.com

Nenhum comentário: