domingo, 29 de novembro de 2015

DIA DE DOAR 2015

Mentes de Ferro é um grupo que destaca as boas práticas no esporte. Por meio de assessoria de imprensa gratuita, as reportagens e micro docs que faz, inspiram! Lançam luz em cima de projetos socioesportivos de base que já existem no estado do Rio de Janeiro e precisam de ajuda para manter a criançada no movimento de renovação esportiva desta Cidade Olímpica. 

Os exemplos de pessoas que doam: tempo, energia, dinheiro e itens esportivos para os atletas do futuro são capítulos especiais da história do Mentes de Ferro, iniciada em 2012. Os episódios dessa jornada solidária da boa forma, "good fit", podem ser conferidos aqui.

#DiadeDoar2015 acontece este ano no dia um de dezembro. Ao longo do mês de dezembro Mentes de Ferro fará uma cobertura jornalística sobre uma inusitada empresa norueguesa de entretenimento. Os nórdicos já construíram uma Casa de Cultura e agora vão fincar um campo de futebol de grama sintética  no coração de uma comunidade na Ilha do Governador: o bairro de Bancários

E mais, no Dia de Doar deste ano, Mentes de Ferro vai doar tempo, que poderá ser transformado em esperança para um jovem de 19 anos. O grupo vai inspirar você a ajudar Gerson (19) morador de Engenheiro Pedreira. Fique ligado nessa história e na programação #somosmentesdeferro 

Um beijo

domingo, 15 de novembro de 2015

EXTRAORDINÁRIO PARECE FÁCIL

EXTRAORDINÁRIO PARECE FÁCIL
Eles são alunos da escola Municipal Edna Poncione, localizada nos arredores da Lagoa Rodrigo de Freitas. A Orla da Lagoa é circundada por assessorias esportivas, mas uma delas resolveu criar um braço social de mãos dadas com essa EM, em 2014.



Sabendo disso, Mentes de Ferro foi conhecer melhor essa história https://www.youtube.com/watch?v=MYiuuUs__Yk. Realizamos a Campanha Mentes de Ferro Bike Friendly Brasil, co-idealizada com o coordenador do projeto Social Tribus - o multiatleta, Ultraman e treinador de Triathlon - Bernardo Tilmmann. https://www.youtube.com/watch?v=EpZQOLv0B0Y


Hoje (dom 15/Nov), 13 crianças, de 6 a 12 anos, deste projeto social que leva o mesmo nome da assessoria (Tribus) participaram, alguns pela primeira vez, da quarta etapa do Estadual de Duathlon. A prova infantil teve 150m de corrida, 700m de Ciclismo e mais 150m de corrida e o infanto-juvenil: 450/2.1/450. As categorias se dividem em: Infantil: 8/9 e 10/11 e Infanto-Juvenil: 12/13 e 14/15.

O que parece fácil é extraordinário. Tirar um projeto social no Brasil do campo das ideias e colocá-lo em prática, é extraordinário, manter o social é extraordinário, o que os atletas do futuros fazem é extraordinário, porque a diferença social no Brasil é extraordinária.


Entretanto, para Mentes de Ferro, o que importa é dar o melhor. Se você deu o seu melhor naquele momento você encontrou a superação, ela é sua ninguém vai tirar essa vitória de você.


Nosso orgulho é extraordinário, parabéns aos pais e mães que levam seus filhos duas vezes na semana (segundas e quartas) para treinar, vocês torceram, cuidaram, se preocuparam, se orgulharam de vocês e deles, nossos atletas do futuro. Parabéns aos doadores Mentes de Ferro pela iniciativa solidária, vocês são atletas completos, sintam-se orgulhosos. Aos alunos da Assessoria Tribus que adotam os atletas do braço social desta assessoria, esse modus operandi é inovador, parabéns! Ah se todas as assessorias esportivas mantivessem braços sociais... nos EUA as universidades fazem a Base, na Europa são os clube, quiçá no Brasil as Assessorias Esportivas ganhem tal importância na vida de crianças e jovens e virem o jogo do esporte nacional!

RESULTADOS:
Masc. 12-13 Bernardo José Nunes ganhou com 13 anos no tempo de 11:30 e na Categoria 14 a 15 Diego Cordeiro venceu com estilo no tempo de 8:40
Masc. 10-11
1 – Thiago Cordeiro (11) tempo: 4:19
2 – Eduardo Eugenio (11) t: 4:59
3 – Clayrton Moreira Marques do PROJETO SOCIAL TRIBUS (10) – 5:37
4 – David Antonio da Silva (10) 5:53
Masc. 8-9
1 – Raphael Herchnhorn (9) – 4:30
2 – Renato Navegas (8) – 6:07 (TRIBUS)
3 – David Navegas (9) 6:12 (TRIBUS)
Fem. 8-9
1 – Livia Mendes Carvalho (7) – 5:39
Fem 10-11
1 -  Ludmila Rocha Rodrigues (10) – 4:36
3 – (TRIBUS) Maria Eduarda Navegas (10) – 5:39
5 - (TRIBUS) Ana Beatriz Aprigio (11) 5:47 e em sexto:
6 - (TRIBUS) Julia Matias (11) 6:00  
8- (TRIBUS) Ana Carolina Monteiro (10) – 6:28

9 - (TRIBUS) Bruna Vitéria (11) – 6:33

ESTADUAL DE DUATHLON Nov/2105

MENTES DE FERRO ENTREGA TÊNIS, CAMISETAS E SHORTS DE CORRIDA PARA PROJETO SOCIOESPORTIVO DE BASE


Antes, vamos voltar a fita... Mentes de Ferro? Mas o que é isso mesmo?? Nós! Somos simplesmente nós: pessoas comuns com vidas profissionais diversas, família, estudo, estresse e que no turbilhão deste sistema político econômico encontram algum momento, para se exercitar. Sim, você pode. Se eles conseguem... Fazem longas distâncias, ultra distâncias, e quem diria sobem no pódio! Primeiro lugar geral, primeiro na faixa etária, primeiro no masculino, primeiro no feminino. Isso vicia! Pode causar frustração? Jamais! Olhe para a história de vida de cada um desses homens e mulheres, olhem o que eles conseguem fazer: é de causar admiração em qualquer profissional. Eles inspiram qualquer atleta profissional.

E sabem que o “se” não existe no esporte, “se” eu tivesse mantido meu ritmo, “se” aquele atleta não tivesse pego vácuo, “se” eu tivesse uma bike melhor, um tênis melhor, uma alimentação melhor, mais dinheiro, “se” trabalhasse menos... se... não vale! O que está em jogo é dar o seu melhor! Sua mente se orgulharia disso e se emocionaria, motivaria! Sim, você pode!

Fixar a sua mente no momento virtuoso da chegada, alegre, emocionada, cambaleante também, claro! Você deu o seu melhor esforço para aquele momento. Momento que depende de fatores individuais, pessoais, profissionais, mentais. Vide, recentemente, o surfista brasileiro Gabriela Medina: crise com a morte do avô, os compromissos exigidos pelos patrocinadores vorazes, se perdeu, mas já se achou mirando naquilo que é essencial no esporte a diversão! Essas mesmas circunstâncias ele conseguiu transformar em força mental para vencer a etapa da França! Ele está no páreo, fortalecido, para a disputa pelo bicampeonato mundial de surfe.

O que move esses amadores? Seria aquele o troféu na mão, compartilhado pelas redes sociais? Sim, também, e por que não?

Há exibicionismo, mas há companheirismo, há solidariedade, há compaixão pelo colega de equipe, por aquela criança, aquele jovem que vê o mundo do avesso, que escuta que não há empregos, que há terrorismo, que nossos governantes nos roubam a Saúde, a Educação e o Esporte!
Treinar e treinar para uma competição esportiva pode soar uma atitude egoísta. Quem já não escutou: o que você ganha com isso? Desnecessário se expor aos riscos de pedalar na estrada! Blá, blá, blá! Tantos blás que nasceu o Mentes de Ferro. Treinar e competir por uma causa. Dar expectativa de futuro a jovens e crianças dos projetos de base que já existem pelo estado do Rio. Não somos uma escolinha, somos uma Associação que arrecada itens de esporte junto à comunidade esportiva e doa aos projetos, crianças e jovens que não têm material esportivo para treinar direito recebem de outros atletas aquilo que falta. Mentes de Ferro é um grupo de atletas amadores altruístas, eles correm e pedalam, suam a camisa por uma causa, além da performance própria: incentivar os projetos socioesportivos de base a continuarem o belo trabalho.
Neste domingo (15/11/2015), Mentes de Ferro correu para o Aterro do Flamengo motivado para entregar doações que outros atletas doaram. Nesta edição os atletas doadores foram Vanessa Lins e Silva e Thiago Rodolfo! Obrigada pela força.