sábado, 1 de setembro de 2012

PRAIA DA URCA CONGREGA DIVERSAS TRIBOS


Apesar de poluída e pequenina, local respira esporte

O local é um verdadeiro estaleiro da galera da canoagem é de lá que eles partem para suas travessias. No caminho não encontram atrito com as ondas, mas o lixo é o verdadeiro obstáculo por ali.

Além da galera do remo e da canoagem, o local é point de vôlei de praia. A escolinha de Karina Lins e Silva, a Set Point, consegue bons resultados com seus atletas, especialmente a dupla sub 15, Daniel Pinho e Fábio Voigt, que estão em segundo no ranking carioca. 

A prova do estadual de vôlei de praia acontecem dentro de uma academia de ginástica na Barra da Tijuca. Diante disso e de outras demandas dos donos das escolinhas, criou-se a Associação das Escolinhas de Volei de Praia. Um dos objetivos desta associação é  resgatar para a orla as competições estaduais, “dessa forma divulgamos a modalidade. Em 2016, por exemplo, não teremos, na categoria feminina,  muitas representantes, caso o trabalho de base não comece já.  As escolinhas trabalham com um público multiplicador, as crianças” – lembra Karina.

O Rio de Janeiro é pioneiro nesta modalidade “um verdadeiro celeiro de talentos e treinadores excelentes, mas precisamos trabalhar na base, que na verdade é um problema que perpassa todas as modalidades olímpicas, aqui no Brasil”. 
Foto: Mentes de Ferro

Karina vê a prática de vôlei de praia como sustentável, “ usamos a luz solar, o equipamento é desmontável, coletamos os nossos  e os resíduos dos outros deixados na areia”.  A educação ambiental está no dia a dia da modalidade. “Não podemos ter lixo na areia, por que pode ferir os atletas durante o treino, mas enquanto não punir e tivermos fiscalização para educar ambientalmente as pessoas a não jogarem lixo nas ruas, na praia, nos rios, a não fazerem ligação clandestina de esgoto ou jogá-lo in natura no mar e lagoas, não teremos uma sociedade educada. Tem que ser como foi com o uso do cinto de segurança nos veículos, tem que punir para conscientizar – opina Karina. “Há 11 anos era pior, o lixo aqui na Praia da Urca vem diminuindo, mas o que os freqüentadores demandam por aqui são lixeiras e um banheiro público” – lembra a atleta.

No início do ano, o secretário estadual do Ambiente Carlos Minc, lançou o “Sena Limpa”, projeto que pretende investir R$150 milhões, até 2014, para despoluir seis praias, entre a Zona Sul e a da Bica, na Ilha do Governador. No total existem 184 praias em todo o estado. O “Sena Limpa” contemplaria a Praia da Urca, mas até agora, Karina não soube de ninguém que esteve no local para identificar, realizar um diagnóstico local para checagem das reais demandas e vocações dali. Sem isso nenhuma política pública, projeto, ONG ou investimento social privado terá sucesso.

Não há bicicletário e os próprios atletas de canoagem se reuniram para pintar as baias das equipes. Karina se mantém sem apoio ou qualquer patrocínio, o projeto Ecoboat também segue sem patrocínio da iniciativa privada. 

Praia da Urca, uma oportunidade para empresas a fim de transformar realidades por meio do esporte

Karina conta que o modelo de negócio da Set Point não é exatamente de uma empresa “se trabalhássemos aos moldes de uma empresa, inviabilizaríamos o negócio, com tanta tributação. A Set Point é exemplo de novos negócios na economia verde, mais cooperação do que competição.

Ao todo são quatro professores e estagiários trabalhando em sistema de parceria. Eles são um grupo de professores de Educação Física que dividem as receitas e as despesas da atividade. Com cerca de 90 alunos, muitos com bolsa integral e outros pagando entre R$ 50,00 e R$ 80,00, ela mantém uma rede de vôlei na Praia de Urca, à tarde, e outra no Leme, pelas manhãs.
Foto Mentes de Ferro

Além de professora de Educação Física, Karina é Nutricionista e Coordenadora do Núcleo Forte do Leme do Instituto Compartilhar, fundado pelo treinador da  seleção masculina de vôlei de quadra, Bernadinho, prata nos Jogos de Londres 2012, entre outros multigloriosos títulos.

Para gerar impacto socioambiental por meio do esporte com parceiros identificados pelos Mentes de Ferro, conecte-se pelo e-mail: mentesdeferro@mentesdeferro.com