domingo, 15 de novembro de 2015

ESTADUAL DE DUATHLON Nov/2105

MENTES DE FERRO ENTREGA TÊNIS, CAMISETAS E SHORTS DE CORRIDA PARA PROJETO SOCIOESPORTIVO DE BASE


Antes, vamos voltar a fita... Mentes de Ferro? Mas o que é isso mesmo?? Nós! Somos simplesmente nós: pessoas comuns com vidas profissionais diversas, família, estudo, estresse e que no turbilhão deste sistema político econômico encontram algum momento, para se exercitar. Sim, você pode. Se eles conseguem... Fazem longas distâncias, ultra distâncias, e quem diria sobem no pódio! Primeiro lugar geral, primeiro na faixa etária, primeiro no masculino, primeiro no feminino. Isso vicia! Pode causar frustração? Jamais! Olhe para a história de vida de cada um desses homens e mulheres, olhem o que eles conseguem fazer: é de causar admiração em qualquer profissional. Eles inspiram qualquer atleta profissional.

E sabem que o “se” não existe no esporte, “se” eu tivesse mantido meu ritmo, “se” aquele atleta não tivesse pego vácuo, “se” eu tivesse uma bike melhor, um tênis melhor, uma alimentação melhor, mais dinheiro, “se” trabalhasse menos... se... não vale! O que está em jogo é dar o seu melhor! Sua mente se orgulharia disso e se emocionaria, motivaria! Sim, você pode!

Fixar a sua mente no momento virtuoso da chegada, alegre, emocionada, cambaleante também, claro! Você deu o seu melhor esforço para aquele momento. Momento que depende de fatores individuais, pessoais, profissionais, mentais. Vide, recentemente, o surfista brasileiro Gabriela Medina: crise com a morte do avô, os compromissos exigidos pelos patrocinadores vorazes, se perdeu, mas já se achou mirando naquilo que é essencial no esporte a diversão! Essas mesmas circunstâncias ele conseguiu transformar em força mental para vencer a etapa da França! Ele está no páreo, fortalecido, para a disputa pelo bicampeonato mundial de surfe.

O que move esses amadores? Seria aquele o troféu na mão, compartilhado pelas redes sociais? Sim, também, e por que não?

Há exibicionismo, mas há companheirismo, há solidariedade, há compaixão pelo colega de equipe, por aquela criança, aquele jovem que vê o mundo do avesso, que escuta que não há empregos, que há terrorismo, que nossos governantes nos roubam a Saúde, a Educação e o Esporte!
Treinar e treinar para uma competição esportiva pode soar uma atitude egoísta. Quem já não escutou: o que você ganha com isso? Desnecessário se expor aos riscos de pedalar na estrada! Blá, blá, blá! Tantos blás que nasceu o Mentes de Ferro. Treinar e competir por uma causa. Dar expectativa de futuro a jovens e crianças dos projetos de base que já existem pelo estado do Rio. Não somos uma escolinha, somos uma Associação que arrecada itens de esporte junto à comunidade esportiva e doa aos projetos, crianças e jovens que não têm material esportivo para treinar direito recebem de outros atletas aquilo que falta. Mentes de Ferro é um grupo de atletas amadores altruístas, eles correm e pedalam, suam a camisa por uma causa, além da performance própria: incentivar os projetos socioesportivos de base a continuarem o belo trabalho.
Neste domingo (15/11/2015), Mentes de Ferro correu para o Aterro do Flamengo motivado para entregar doações que outros atletas doaram. Nesta edição os atletas doadores foram Vanessa Lins e Silva e Thiago Rodolfo! Obrigada pela força.

Nenhum comentário: