quinta-feira, 25 de abril de 2013

MENTES DE FERRO COMEÇA SUA HISTÓRIA

 fotos Debi Bravo e Gabi Hermes

Movimento Mentes de Ferro esteve hoje (25/Abr/2013) com a campeã olímpica Sandra Pires na Urca, para promover a Campanha Good Fit - treinos e provas com causa deste mês de abril que está promovendo o Vôlei de Praia.
Mentes de Ferro foi atrás da história de Karina Lins e Silva, técnica e idealizadora da Set Point,
escolinha que a Good Fit beneficiará este mês de abril com as doações que arrecada junto à empresas e à comunidade esportiva.

No encontro de hoje, Mentes de Ferro conheceu a pequena praia onde elas treinavam e descobriu um baú de surpresas!


No início dos anos 80, o Vôlei de Praia começou a ficar pop, mas ainda não era considerado um esporte profissional. Karina se dividia entre o treino na praia e a profissão na área de pesquisa e desenvolvimento na industria de alimentos, como nutricionista. 
Encontro com velhos amigos do tempo da Urca
Até que em 1991, parou de trabalhar e se dedicou à maternidade. Foi quando o esporte realmente entrou na vida desta carioca.


A primeira categoria de Vôlei de Praia a se profissionalizar no Brasil foi a masculina em 1986 com o Hollywood Volley e depois em 1987 com outros torneios de exibição, grandes eventos que trouxeram os gringos Randy Stoklos e Sinji Smith, como o primeiro Campeonato Mundial da FIVB (Federação Internacional de Voleibol).

 Em 1992, a categoria feminina de Vôlei de Praia começou a ganhar espaço. Karina participou da primeira Copa Itaú de Vôlei de Praia, do 1º Circuito BB na modalidade e em fevereiro de 1993 do 1º Mundial feminino de Vôlei de Praia que aconteceu no Rio e fora organizado pela Federação Internacional. Na ocasião, o Presidente do COI assinou a permissão de participação da modalidade em Jogos Olímpicos. Um marco histórico!


Sandra Pires, da dupla olímpica Sandra e Jaqueline, tinha na época 19 anos e integrava o time de quadra  “Rio Forte” mas seu treinador sabia do enorme potencial da jogadora no Vôlei de Praia e experimentou a dupla Karina Lins e Silva e Sandra Pires. “Sandrinha mal entrou no ranking do Circuito BB e já começou a chamar atenção pela sua técnica, vigor físico e comportamento” – lembra Karina.
 A Jacqueline Silva, quando voltou dos EUA marcou um amistoso com a Sandra e nascia a dupla campeã olímpica em 96. Karina passou então a jogar com Renata Palmier.

Karina Lins e Silva passou a jogar com Renata Palmier e foram Campeãs Brasileira da temporada de 1994 do Circuito BB. Mas uma tendinite crônica na patela do joelho esquerdo tirou Karina do esporte. 

Foram muitos gastos com médicos, fisioterapeutas. Karina passou um longo período tentando curar a lesão “não conseguia nem passar perto da praia até que em 98 eu tomei a decisão de parar de jogar, tinha a minha profissão e achava que superaria e ficaria bem longe do esporte”. 


Em 1998, uns alunos do Colégio Santo Inácio pediram para ela dar aulas e “começamos um trabalho na Praia da Urca, as pessoas passavam e perguntavam se era uma escolinha, quanto era a aula”. Morou na Urca a vida inteira por isso as primeiras aulas foram ali. Depois houve um convite do diretor de esportes da AMOUR, Associação de Moradores, na época em que eles resgatavam as cabines dos moradores irregulares.

 - Eu sabia dar o treino, não sabia dar aulas, não tinha pedagogia, essa parte ficava com um amigo meu, o Reis, que era do exército e prof. de Ed. Física, fui buscar este conhecimento na faculdade logo depois - lembra Karina


A SETPOINT

Em 2000, “inaugurei a Set Point na Urca mesmo. Escolhi a Praia da Urca porque notava uma juventude ociosa, além da pracinha do Quadrado da Urca não havia outro lazer. Fincamos os postes aqui mas uma gangue de venda de drogas ocupava o local desde o início dos anos 90. Fomos ameaçados, sofremos ataques de vandalismo aos nossos equipamentos, tivemos que acionar a polícia, mas nunca desistimos porque o esporte estava transformando o bairro e os jovens moradores daqui”. “Me formei em Ed. Física pela Benetti em 2011.”


Hoje, a Set Point conta com 4 professores e 3 estagiários. Tem cerca de 120 alunos, sendo 80 alunos das turmas de iniciação e aprendizado e 40 atletas, dos quais 50% possuem bolsa integral. Os atletas competem o estadual nas categorias feminina e masculina – sub 14, sub 15, sub 17 e sub 19.
Pessoas e empresas que quiserem promover a modalidade, podem doar: bolas de Vôlei de Praia da marca Penalty, alimentação e hidratação esportiva, protetor solar, esparadrapo, viseiras, bonés e óculos de sol.  

PROGRAMAÇÃO GOOD FIT/Set Point:
SÁBADO - 27/Abr – 14h
LOCAL: Praia da Urca – Av. Joao Luiz Alves, Urca, Rio de Janeiro
Canoagem, Stand Up Padle, mutirão de limpeza e Slackline, exposição Favela Bike - a partir das 14h
FESTIVAL DE VÔLEI DE PRAIA (oferecimento Set Point)
Atividade com inscrição de R$ 20,00 para os brindes
Categoria Adulto e Atletas Federados – 15h às 16h
Categoria 11 a 15 anos – 16h às 17h
Categoria 8 a 11 anos – 17hàs 17h:30min
Encerramento e entrega das doações: 18h
Vá de bike ou transporte público em dias de Good Fit
Linha circular 107 – Central / Urca - Linha circular 511 – Urca / Leblon – via Jóquei - Linha circular 512 – Urca / Leblon – via Copacabana

Um comentário:

Karina Lins e Silva disse...

Ficou muito legal, equipe Mentes de Ferro!