Comitê Jovens Empreendedores

FIRJAN E FIESP

Espaço das empresas no Forte de Copacabana busca sintetizar o que se busca ter nos debates no futuro: INTEGRAÇÃO SOCIAL.

Hoje, Jovens Empreendedores de São Paulo ouvem a história social do AfroReggae e como a tecnologia da organização ajuda empresas a se aproximarem dos mercados emergentes nas favelas cariocas.


Mediação de conflitos na favela é um dos expertises do AfroReggae

Nas empresas é cada vez mais comum a figura do mediador. Quando as empresas se encontram no meio do contexto de um evento com a Rio+20 deveriam se perguntar qual o seu papel? Um deles é se apropriar de tecnologias e metodologias sociais para falar com a comunidade. Os projetos de responsabilidade socioambiental corporativos bem sucedidos são antecedidos de  gestão de território que inclui fazer um diagnóstico comunitário, conversar, identificar as necessidades, potencialidade e vocações!

José Junior lembra que moradores das favelas não tinham parceiros no passado, agora todo mundo que estar lá. "O caro fica meio cabreiro, né?".

VISÃO DE FUTURO

Como os jovens e crianças hoje, moradores de comunidades cariocas recém pacificadas, estarão daqui a vinte anos? Essa geração viveu o domínio do tráfico. Na época o sonho deles era ser jogador de futebol, pagodeiro ou traficante. "Hoje você pergunta a um garoto e ele vai te dizer que quer ser policial".

"Nas novelas da Rede Globo é preciso criar os novos ídolos, o empresário de "Avenida Brasil" é o cadinho, um empresário, os vioes são vocês! O cara da favela que tem doutorado não é capa de jornal! mas se esse mesmo cara vem aqui e dispara um fuzil na tua cara ele ganha o mundo! O celino que tá aqui e tantos outros que o AfroReggae ajudou a transformar são os verdadeiros ídolos!"

RELAÇÕES E CONFLITOS SOCIAIS

"O tráfico hoje é mais letal, belicista! rola inveja quando por exemplo o Celino e o Mister M aparecem na capa do jornal como modelo.

A gente faz questão de deixar os policiais bons bem na fita! eu já fui preso por agressão a um policial ! e essa postura de aproximação com os policiais pode causar eventualmente desconforto para o pessoal nosso que trabalha no front nos núcleos do AfroReggae nas favelas"

FERRAMENTAS DE INCLUSÃO

"Audio visual será mais um, no meio da internet!"


"Momento especial no Rio o prefeito se relaciona com o governador e Presidência da República cada vez mais não havendo isso é capaz de reverberar para o social, não resolveu o problema mas melhorou bastante!

O Feijão (ex-traficante do acarí) é um exemplo de que no crime se aprende a respeitar hierarquia se entender este universo que pouco foi estudado é uma grande sacação! 
Agora o cerne da atuação do geverno é atacar aarma no Rio de Janeiro, pq a venda de drogas tem na Vieria Souto, Nova Iorque, mas arma?

É um exercício para nós a gente ter que lidar por exemplo com a ressocialização dos caras que mataram o Evandro!

SUSTENTABILIDADE

Jovens empreendedores perguntam o que o AfroReggae indica para a gente ajudar a mudar a realidade de hoje aindamais?
" a postura em casa é o começo, a sua empregada ajuda na estruturaçãoda sua família mas vc tá fudendo a estrutura dela, pq ela sai de casa às 05h e volta às 22h pra casa, não precisa ter a infra do afro pra fazer diferença basta ter um olhar diferenciado e encontrar caminhos para ação. O Betinho foio grande ícone falou disso há vinte anos atrás e nem foi mencionado até agora! ninguém precisa montar um AfroReggae para isso!


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sistema da economia de materiais

MENTES DE FERRO COMEÇA SUA HISTÓRIA

PROTAGONISMO JOVEM