terça-feira, 22 de junho de 2010

O que é o MBE e por que fazê-lo?

A pós-graduação executiva, que estuda as questões ambientais com enfoque nas ações empresariais, capacita os participantes a atuarem:
  • No planejamento de políticas ambientais;
  • A lidar com órgãos fiscalizadores;
  • A gerenciar empresas especializadas no setor;
  • A gerenciar projetos ambientais;
  • A prepararempresas para auditoria e certificação ISO 14000;
  • A obter licenciamento ambiental;
  • A conhecer a legislação e a doutrina específica;
  • A acompanhar perícias.
Meio ambiente deixou de ser um tema emergente para se tornar recorrente. Meio natural e humano sempre estiveram conectados, mas há séculos o homem vem negando a sua própria história em prol do progresso econômico e do avanço tecnológico, sem medir os impactos dessas atividades na natureza. 

O homem se esforça para conquistar mais ativos convencionais que esquece que a água escassa terá um grande valor de mercado e é o ativo mais valioso dentro dos processos industriais, por exemplo.

Pensar no meio ambiente e na sua conservação é pensar antes de tudo em manter duráveis as próprias riquezas que nos geram riquezas. Não é à toa que a maior fabricante de refrigerantes do mundo tem um setor de sustentabilidade e que seu trabalho é pensar em como maximizar o uso da água, fazer mais com menos. No Brasil, recentemente uma cervejaria lançou um movimento em prol da conservação dos recursos hídricos.

Essas empresas sabem que se sua matéria prima acabar, acaba também o negócio, seus empregos e o compromisso com as gerações futuras.

Pensar em negócios duráveis é pensar em diversificação do uso dos recursos naturais, inovação, controle por métricas e metas e implementação de uma área especializada em sustentabilidade, meio ambiente e social e no retorno financeiro, ou seja em triplo bottom line, precedido de um pensamento e de uma crença nesses temas como valores, ou seja o quarto bottom line que representa ter uma mente sustentável para agir como tal e com eficácia.

E não é apenas pensar/agir para se ter negócios duráveis, mas vidas duráveis. O planeta não vai acabar em 2012, mas como prevê o calendário maia ele passará por uma reciclagem, entrará num novo ciclo na busca pela segurança ambiental e de prevenção de eventos extremos. Caso contrário a humanidade estará em risco, nossos filhos, netos e bisnetos já tem que ser pensados estrategicamente como parte desta sociedade.

Aprofundar-se em estudos do meio ambiente é contribuir para a própria durabilidade da vida na terra, um ganho profissional e pessoal.

Nenhum comentário: