sábado, 1 de maio de 2010

Introdução: Energia

Assim como os outros assuntos postados em CONHECIMENTO SUSTENTÁVEL, a questão energética também não deveria ser escrita sob o título de “RESUMÃO”. Mas como o objetivo do blog é compartilhar conhecimento adquirido em aulas, livros e conferências, nada melhor do que recorrer ao bom e velho resumo.


O certo mesmo seria reunir estatíscas ilustrá-las por meio de inforgráficos, aprofundar as análises, confrontar ideias, a cada postagem. Mas tudo isso já existe inclausurado dentro dos livros e do meio acadêmico, intelegível para poucos e inalcansável para muitos, seja por limitações socioeconômicas, por falta de desinteresse ou oportunidade.

Eu mesma precisei empreender, investir e ter muita determinação para adquirir um pouco de conhecimento. Não tínhamos a internet 2.0 para disponibilizar conteúdo, dependíamos, e hoje também, de algum intermediário para nos repassar conteúdos.

Hoje, o conteúdo está flutuando na nossa frente, na nuvem de dados virtuais. Mas como ainda não chegamos na era dos chips-auto-solúveis-de-saber temos que correr atrás, se não ficamos para trás.

O objetivo do blog é dividir um pouco do que se apreendeu e apreende nesta maratona, que só tem largada, a linha de chegada é o FIM. Por isso torno público RESUMÕES de cada aprendizado e espero com eles energizar as pessoas e plantar a semente do despertar para um NOVO VIVER.

Carlos Nepomuceno, professor da FACHA e do SENAC, em entrevista à Revista Comunicação 360º (nº 13), diz que “é preciso mesmo estudar muita coisa para decifrar as rupturas que vivenciamos hoje”. Só a academia não dá conta de acompanhar as transformações e oferecer aos alunos embazamento para se tornarem pessoas e profissionais respeitáveis.

O blog tenta contribuir para ampliar a discussão em torno dos assuntos que norteiam esse NOVO VIVER. Tratando de temas que têm relação direta com as nossas vidas hoje e que produzirão impactos negativos, e também positivos, nas gerações futuras.

A intenção da semente (leia mais na postagem LOCAL ACTION http://migre.me/B1yG) que planto em cada postagem é a de despertar o maior número de pessoas possível para a situação de crise a qual o nosso modelo de desenvolvimento nos colocou. E mostrar que mudanças de paradigmas já foram iniciadas para preservação das presentes e futuras gerações.

Mas muito ainda tem que ser estudado e dialogado entre pessoas, governos e iniciativa privada e a questão energética é um dos temas mais relevantes do momento, no Brasil e no mundo. Por isso mesmo mereceu esta introdução.

Nenhum comentário: